Empreendedor contando com a sua restituição do imposto de renda

Empreendedor: saiba como aumentar a restituição do imposto de renda

Existem mecanismos legais que ajudam você a obter uma maior restituição do imposto de renda ou que os impostos pagos sejam menores.

Começar a pensar nesse tema com antecedência fará não só com que as preocupações sejam menores, como também pode fazer com que a restituição do imposto de renda seja maior.

Uma grande parte da população, principalmente as pessoas físicas, se preocupa com a declaração de imposto de renda, somente nos meses de março e abril.

Pensar e organizar a declaração de renda com antecedência vai ajudar a diminuir o estresse com possibilidades de fazer uma declaração mais cuidadosa.

Para melhorar suas restituições ou diminuir os impostos, você deve começar a guardar todos os comprovantes de gastos com educação e saúde durante todo ano.

Lembre-se de incluir na declaração investimentos em previdências privadas e doações feitas no período.

Se aguardarmos o final do ano para agir, provavelmente poderá ser tarde para todos os detalhes serem observados.

Restituição do imposto de renda prazo 28 de abril

O aplicativo da Receita Federal pode ser instalado em qualquer computador ou celular.

Um alerta! O programa de 2016 não serve mais, devemos baixar a versão do programa de 2017. Cada sistema operacional tem seu programa. Baixe aqui.

Você pode no próprio aplicativo, na parte de rascunho, fazer uma simulação de sua declaração anual.

Isso ajudará você a escolher qual o melhor tipo de declaração a ser enviada e os dados a serem inseridos nela, evitando que você caia na malha fina.

Preste atenção! Este ano a receita está exigindo o CPF de todos os dependentes maiores de 12 anos.

Então, você como responsável, não pode esquecer de inserir esses dados em sua declaração de imposto de renda anual.

Casais devem gastar mais tempo para decidir se fazem declaração conjunta ou separada.

O casal deve declarar em separado, para evitar que a soma de suas rendas atinja uma alíquota maior na tabela de tributação do IR.

Fazendo suas declarações individualmente os cônjuges poderão estar isentos do IR, se a renda anual de cada um não ultrapassar 22.836,00 reais.

Declarar em conjunto, só se um dos cônjuges tiver pouca ou nenhuma renda tributável, não interferindo assim numa mudança de alíquota. Ou, se por acaso, um dos cônjuges não possuir emprego, mas tem muitos gastos com saúde (médicos, dentistas, exames etc.) todas essas despesas são dedutíveis do imposto de renda.

Por isso aconselhamos a fazer a simulação da declaração de renda das duas formas e ver através desse rascunho qual delas é a mais vantajosa para você.

Restituição do imposto de renda para casais

Dependentes

Não existe limite para o número de dependentes. Podemos abater, por dependente, o valor de R$ 2.275,08.

A receita considera dependentes: os filhos, netos, cônjuge, companheiro, pais, avós e até os sogros.

Veja aqui quem pode ser dependente para efeito de imposto de renda,

Mas devemos avaliar a situação de cada dependente cuidadosamente, porque os rendimentos dos dependentes serão somados aos seus na sua declaração de renda e aumentar a sua faixa de tributação.

Então calcule se a soma dos abatimentos será superior ao imposto gerado com o aumento da renda.

Educação

Os custos da escola dos seus filhos podem ser abatidos no seu imposto de renda até o limite anual de R$ 3.230,46.

Vale para creche infantil, fundamental, e ensino médio. Cursinhos pré-vestibular não entram.

Ensino superior

O mesmo desconto de R$ 3.230,46 vale para os cursos de pós-graduação e graduação, incluindo MBA, mestrado e doutorado.

Saúde

Praticamente todos os gastos do contribuinte e seus dependentes podem ser descontados completamente da base de cálculo do imposto de renda.

Guarde sempre as notas fiscais dos seus gastos, os recibos são de extrema importância e devem ser mantidos por cinco anos.

Podem ser descontadas, integralmente, despesas com planos de saúde, médicos, internações hospitalares, dentistas, psicólogas e várias outras especialidades.

Exames laboratoriais, exames de imagens, próteses, dentaduras e outras mais, vale uma pesquisa no site da receita.

Gastos com enfermeiros e massagistas em hospitais e com notas fiscais também podem ser deduzidos. O mesmo vale para as medicações durante uma internação.

Remédios comprados em farmácia mesmo sendo de uso contínuo não podem ser abatidos no imposto.

Cirurgias estéticas têm algumas restrições de abatimentos sobre o imposto, é melhor pesquisar previamente sobre o assunto para não ter surpresas desagradáveis no futuro.

Informe corretamente em sua declaração os recibos de cada dependente.

Despesas com a educação de dependentes com deficiências físicas entram na declaração como gastos médicos, com isso o declarante não fica limitado ao desconto para educação, já que não existem limites para saúde. Nessas situações é necessário o laudo médico.

Imóveis

restituição do imposto de renda na venda de imóveis

Infelizmente a receita não permite a atualização do preço do imóvel para o valor de mercado. Por quê?

Porque existe um imposto de 15% de ganho de capital quando vendemos um imóvel. O valor a ser pago é o resultado da diferença entre o preço de aquisição e o preço de venda.

Uma diferença grande entre esses dois valores significa que vamos pagar mais impostos. É injusto demais.

Uma das poucas possibilidades de aumentar o valor do imóvel é acrescentar gastos com reformas. Essas despesas devem ser comprovadas através de recibos e notas fiscais.

Outras possibilidades são: as despesas pagas com corretagem na compra do imóvel, gastos com o ITBI – Imposto de Transmissão de Bens Imóveis e se for o caso com gasto de pagamentos de laudêmio, que também podem ser somadas ao valor de compra do imóvel.

E na venda, se a corretagem sair do bolso do vendedor, essa despesa também pode ser abatida do imposto.

Se você for herdeiro de um imóvel comprado antes de 1988, faça a transferência pelo valor de mercado.  Saiba mais sobre esse assunto.

Investimentos

Em alguns tipos de investimentos podemos somar ao preço de compra de ativos como ações, fundos de investimentos negociados em bolsa ou mesmo em títulos públicos despesas de corretagem e emolumentos.

Isso só é interessante se você tiver ganhos líquidos com esses investimentos, como nos imóveis, aumentando o valor de compra desses ativos, a incidência de impostos sobre esses rendimentos serão menores.

O investimento em Previdência Privada do tipo PGBL pode ser deduzido em 12%, o VGBL não pode.

Também podem ser deduzidas em 12% as parcelas de contribuição para fundos de pensão de empresas.

Esses planos de previdência privada devem estar descriminados nas declarações dos contribuintes participantes de algum deles.

Se o responsável paga um plano PGBL para um filho dependente na declaração, ele terá o direito de deduzir 12% do seu rendimento.

Caso esse dependente seja maior de 16 anos, é preciso que você contribuía para o INSS para que esse investimento seja dedutível.

restituição do imposto de renda é para o contribuinte

Doações

Através das doações, o dinheiro que iria para o governo, pode trazer alguns benefícios para a sociedade.

O limite é de 6% do imposto de renda devido.

Esse dinheiro pode ir para fundações dos direitos da criança e do adolescente, ou para atividades culturais.

Mas esse tipo de dedução só vale para quem faz a declaração completa do IR.

Domésticas

O contribuinte com empregada doméstica tem o direito de deduzir até R$ 1.093,77, as contribuições feitas ao INSS, esse valor corresponde ao pagamento de um salário mínimo ao longo do ano, mais o 13 e um terço das férias.

Caso esse cidadão pague um salário maior ao empregado, ele deve informar corretamente os valores à receita federal.

O programa da receita irá abater do imposto apenas o limite estipulado.

Autônomos

Trabalhadores autônomos podem deduzir do imposto devido os encargos trabalhistas dos empregados registrados, além do aluguel, água, energia, telefone e despesas de escritório.

Se o local de trabalho for a própria casa, pode o trabalhador ou empresário deduzir até 20% da despesa da residência como: aluguel e condomínio, além de energia, luz e telefone.

Podem também abater participações em congressos, seminários e encontros científicos, incluindo hospedagem e transporte.

Pensão Alimentícia

O cônjuge ou a parte que ficar responsável por pagar a pensão alimentícia poderá descontar integralmente esse valor do imposto de renda devido, além dos gastos em saúde e educação se for uma decisão judicial.

A contraparte deverá declarar esses valores da pensão como renda dos filhos, que podem permanecer como dependentes, desde que a pensão de cada dependente seja inferior a R$ 28.559,70 por ano.

restituição do imposto de renda através da previdência privada

Aposentados e Pensionistas

A tabela do Imposto de Renda tem um limite anual de isenção de R$ 24.751,74, para todos aposentados ou pensionistas com mais 65 anos.

Os rendimentos que ultrapassarem o limite de isenção serão considerados como rendimentos tributáveis.

Vou deixar aqui o link para baixar o extrato da Previdência Social para o Imposto de Renda.

Seria humanamente impossível fazermos um artigo completo sobre como declarar o Imposto de Renda.

Nossa intenção é mostrar alguns caminhos que a receita permite trilhar para aumentar nossas restituições e pagar menos imposto de renda.

Para os pequenos empresários sempre é importante a ajuda de um profissional de contabilidade.

Nós aqui do Motivação Ninja indicamos os serviços da firma Nancer Contabilidade Online, o Afonso Rosa é um superprofissional.

É um serviço para as pessoas que trabalham em negócios formalizados físico ou digital, com suporte via internet.

Se esse artigo ajudou, compartilhe!

Empreendedor: saiba como aumentar a restituição do imposto de renda
4.6 (91.43%) 7 votes

Mauricio Alex, radialista, acredita que só através da motivação pessoal conseguimos superar as armadilhas de nossas mentes. É preciso transformar as nossas crenças e nossos pensamentos em aliados para alcançarmos progresso profissional, espiritual e financeiro.