Os primeiros passos para motivação pessoal

Os 7 primeiros passos para motivação pessoal

(Última Atualização: 17 de setembro de 2017)

A motivação pessoal é o impulso interno que leva à ação na direção de um objetivo.

É muito difícil, sem motivação, estudar, trabalhar, cuidar da saúde, fazer exercícios físicos e atingir as metas. Selecionamos os 7 primeiros passos para sua motivação pessoal.

Ayrton Senna repetia sempre em suas entrevistas, como um mantra, a seguinte frase de motivação pessoal.

“Seja quem você for ou a posição que você ocupa socialmente na vida, tenha sempre em mente como meta, muita força e muita determinação. E sempre faça tudo com amor e com muita fé em Deus, que um dia, de alguma maneira você chega lá”.

 

Motivação Pessoal incentiva fazer exercícios físicos

Atualmente a motivação pessoal é bastante estudada por cientistas humanistas. Cada indivíduo tem a capacidade de se auto motivar ou desmotivar. O psicólogo americano Abraham Maslow, estudioso da motivação humana, propôs a “hierarquia de necessidades humanas”. Pegando a imagem de uma pirâmide para o estudo, criou cinco níveis: Na base da pirâmide encontramos as necessidades mais básicas: respirar, comer, dormir… Acima da base, o segundo nível, temos a segurança: emprego estável, plano de saúde, casa própria… No terceiro nível, as necessidades do relacionamento humano: amizades, relacionamentos, sexo… No quarto nível reconhecimento: confiança, conquista, respeito dos outros… E, no topo da pirâmide, a realização pessoal: o que queremos ter ou realizar… Maslow achava que, só quando uma necessidade fosse satisfeita, o ser humano teria necessidade da próxima. Nesse artigo colocamos palavras e frases de motivação que foram ditas ou escritas ao longo do tempo.

“Você está hoje onde seus pensamentos o trouxeram e estará amanhã onde seus pensamentos o levarem.” – James Allen

 

A motivação pessoal de uma criança cantando

 

Vamos conhecer agora os 7 primeiros passos para motivação pessoal e começarmos a desenvolver a motivação necessária para conquistar os nossos objetivos:

1 – Acredite em você

Para algumas pessoas, ir buscar algo em que acreditar, pode ser uma tarefa simples, enquanto para outros representa um tremendo esforço, paralisante até, pois geralmente, não sentem possuir a coragem necessária para ir em frente e, muitas vezes, não se acham merecedores de boas recompensas. Esse é um dos sintomas da baixa autoestima. Sinto informar a você que o mundo é dos corajosos. A coragem motiva a buscar, ousar, mudar e principalmente, acreditar. Nesse primeiro passo precisamos mudar nossas crenças, fundamentar nossos medos pela razão e não pela emoção, precisamos nos descontaminar das experiências negativas do passado. E não se esqueça de que estamos vivendo o presente, o papel de vítima não vai cair bem em você, reflita bastante sobre os acontecimentos da sua vida, que você acha que estão bloqueando o seu desenvolvimento pessoal, e aproveite para anotar todos os “problemas” que você conseguiu identificar em um bloco de anotações, essa simples atitude vai ajudá-lo a clarear e perceber o que está te atrapalhando. Nesse momento, não descarte nunca a ajuda de terceiros, como psicólogos, mentores etc.. Você precisa assumir a responsabilidade pela sua própria vida, aceitar os seus erros e acertos. Essa atitude vai possibilitar a você acreditar em si mesmo, injetando confiança para que possa alcançar os objetivos em que acredita. Coragem é uma palavra mágica e determinante para o seu sucesso. Leia também o artigo “Autoconfiança: É preciso acreditar em seu potencial” com dicas para desenvolver a coragem.

“Nós nos tornamos o que pensamos” – Buda

2 – Não reclame

Pessoas que reclamam muito podem ter baixa autoestima, o que é inimigo da motivação pessoal. “Quem reclama já perdeu”. Essa frase popular tem muito de verdade, tente substituir rapidamente os pensamentos negativos em positivos, tente controlar a sua mente e você, com certeza, vai sentir sua vida fluir melhor, a sua saúde vai melhorar, seus relacionamentos serão mais cordiais e as pessoas, e mesmo o universo, serão mais generosos com você. Lembre-se, a todo o momento, de que você é o grande criador da sua própria vida através dos seus pensamentos, das suas palavras e de suas ações. Suas atitudes revelam o que você pensa. Se você entender esse passo, acredite, você poderá fazer uma mudança importante na sua vida familiar, social e profissional. Não vai ser fácil e nem de uma hora para outra, vai precisar de muita determinação, perseverança e motivação. Então, que tal começar agora e parar de reclamar!

“Faça tudo sem reclamar: – passe pelos engarrafamentos da vida sem resmungar e sem proferir o nome de Deus em vão.” – Filipenses 2:14

3- Lute sempre essa é a melhor atitude

Temos que enfrentar as pedras do caminho e quebrá-las com coragem e determinação. Não importa a quantidade de passos para trás que você deu e sim, os passos pra frente que você dará; o sucesso só acontece para quem sonha com ele, para aquele que só tem olhos para o futuro. Siga sempre em frente, mesmo quando tudo diz para você desistir, pode ter certeza, quando tudo estiver dando errado, se motive, lute com fé, busque forças, pois quase sempre no momento exato em que pensamos em desistir, estamos mais perto do que nunca de alcançar nossos objetivos. Steve Jobs, no seu discurso mais famoso, disse que mesmo se você não entender direito algumas situações da sua vida, não desista, porque um dia você conseguirá ligar todos os seus passos e verá que nada aconteceu em vão. Lembre-se, nunca, jamais desista dos seus sonhos.

4 – Tenha metas

Primeiro aconselho a escrever as suas metas, já foi provado através de estudos que esse simples ato de registrar os pensamentos no papel, faz com que tenhamos melhores resultados em nossos propósitos. Infelizmente a maioria das pessoas não acredita nessa técnica e nem na sua própria capacidade de alcançar suas metas. Apesar de ninguém acordar se achando incapaz de ter sucesso, alcançar os objetivos demanda muito esforço e foco. Depois de traçar suas metas, construa uma lista com as suas prioridades, determinando um prazo para que elas aconteçam. Se os motivos para alcançar seus objetivos forem bem fortes, a sua disciplina terá que ser incansável, não existe outro caminho para o sucesso pessoal. Lembre-se sempre de que a disciplina é tão importante quanto a coragem. Não é tão fácil fazer os 7 primeiros passos para motivação pessoal no início dessa sua nova jornada.

Leia agora
Viver sem propósito é um comportamento perigoso

5 – Invista em sua formação pessoal e profissional

Devemos estar sempre preparados para as oportunidades que aparecem no decorrer da vida. Vou contar uma história que aconteceu comigo no ano de 1996, depois de 25 anos trabalhando na Rede Globo de Televisão, tive o meu contrato não renovado às vésperas do Natal daquele ano. Confesso que fiquei perdido por algum tempo, pois acreditava que aquele emprego seria para sempre. Eu comecei a trabalhar lá ainda jovem, com 16 anos e numa época em que trabalhar em televisão era visto com muito preconceito, ao contrário de hoje em dia, em que as pessoas querem trabalhar na TV, pois atualmente é uma maneira de ser reconhecido socialmente.

Na época da minha demissão, eu tinha duas filhas adolescentes, reconheço que foi um golpe muito duro de assimilar, e para piorar as coisas, sim porque sempre pode piorar, a Globo era a única emissora no Rio de Janeiro, minha cidade, enquanto as outras emissoras ficavam em São Paulo.

Vou resumir um pouco os acontecimentos dessa jornada.

Uma pessoa inesperada, hoje um grande amigo, conhecendo minha autoridade no assunto televisão me convenceu a partirmos para São Paulo e fomos atrás do Silvio Santos que, depois de várias tentativas nossas e uma infinidade de e-mails diários por quase cinco meses, resolveu nos contratar. Ele realmente lia os nossos e-mails e colocava em prática várias de nossas sugestões. Rapidamente e de uma maneira surpreendente comecei a ser reconhecido por alcançar os objetivos da empresa, e mais tarde fui para REDETV, já como executivo, para levantar a emissora, que não estava bem no mercado, por volta do ano 2 000. Fiz esse resumo pessoal para falar da importância do investimento pessoal. Em todos os desafios que apareceram na minha vida eu estava preparado, sempre estudando, conhecendo pessoas altamente capazes na mesma área e outra coisa que descobri nesses momentos é que todas as mudanças foram para melhor e não para pior, acredite nisso. Lembre-se, invista em você sempre, seja curioso em relação às novidades, estude sempre e a toda hora; muito cuidado com acomodação no emprego, e fique esperto, pois são vários os motivos que a empresa pode ter para demiti-lo, não o aconselho a se apaixonar pela secretária do chefe.

6 – Seja seu próprio líder

Tenha foco e disciplina com suas atividades pessoais e profissionais, expectativas mais realistas vão levá-lo, com mais segurança, a enfrentar os novos riscos que vêm com os novos objetivos.Tenha paciência nas novas situações que vão surgir, não é fácil enfrentá-las. Compartilhe suas experiências e ideias e aprenda a ouvir. Mikhail Gorbachev, mais conhecido por ter sido líder da União Soviética, entre 1985 e 1991 disse informalmente para um amigo meu, Willem van Weerelt, que foi junto com Jô Soares entrevistá-lo, o seguinte:

“Nós temos dois ouvidos para escutar e uma boca para morder a língua.” – Gorbachev

 

Escutar e aprender, para mim, é uma sábia escolha, lógico que isso depende do contexto. Saber dizer não e questionar, não é tão fácil, é preciso desenvolver essa habilidade que é muito importante também. Cumpra o que prometeu e respeite as diferenças entre as pessoas, ninguém é dono da verdade. Diálogo é uma palavra mágica, para a sua vida pessoal, familiar e profissional. Tenha sempre em mente a busca pelos resultados, perder faz parte do jogo e da vida, corrija rápido e procure aprender com a experiência de outras pessoas. Seja humilde e tente encontrar um mentor que o ajude em algumas situações. Jamais desista no meio do processo, acredite sempre. Que tal ser o seu próprio líder?

7 – Comemore as conquistas

Escreva cada uma das suas conquistas para que você possa ter a dimensão dos seus esforços e comemore. Com essa atitude poderá ver como essas conquistas foram tão importantes para você. Festeje suas vitórias, não precisa ser nada grande, pequenos prêmios como um livro, tomar um sorvete com sua namorada ou família, uma comida diferente, podem ser ótimas maneiras de brindar suas conquistas. Cheers!

Conclusão

O escritor Paulo Coelho e eu fomos colegas de trabalho na televisão, quando inesperadamente, um dia ele resolveu largar o emprego e a vida que levava para fazer a peregrinação a Santiago de Compostela, e a partir desse ponto ocorreram grandes mudanças em sua vida, como todos já sabem. Mas, uma resposta do escritor a um repórter, faço questão de trancrever aqui nesse espaço:

“O fato de não me sentir perto de Deus em determinados momentos jamais significou que Ele não estivesse ao meu lado todo o tempo. Era apenas uma questão de reconhecer isso – algo de que nunca duvidei. Ou seja, o ser humano, com suas limitações, cria suas fantasias, mas a alma desse mesmo ser humano diz: ‘Está bem, curta seu momento de fraqueza, mas você sabe que é uma bobagem. Deus jamais lhe abandonou e jamais lhe abandonará.’ Com o passar do tempo, essa realidade se impõe.” – Paulo Coelho

 

Se você gostou desse artigo, compartilhe!

 

Os 7 primeiros passos para motivação pessoal
4.9 (97.84%) 37 votes

Mauricio Alex, radialista, acredita que só através da motivação pessoal conseguimos superar as armadilhas de nossas mentes. É preciso transformar as nossas crenças e nossos pensamentos em aliados para alcançarmos progresso profissional, espiritual e financeiro.