Mulher jovem sentada a pensar nos seus planos

Por que pensar em fazer é mais cansativo do que fazer?

Há riscos e custos, pensar em fazer e colocar em prática um programa de ação. 

Mas eles são muito menores do que as dificuldades e os sacrifícios que surgirão durante a vida se você permanecer sempre na mesma posição “confortável”. – John F. Kennedy

O equilíbrio entre pensar e agir será sempre um desafio para muitas pessoas.

Quanto tempo você deve gastar entre pensar e fazer?

Com respeito aos seus objetivos, metas ou outros projetos, é bom lembrar que ficar preso por muito tempo na fase de planejamento é muito fácil e arriscado.

As pessoas geralmente ficam entusiasmadas com um monte de ideias.

Mas, infelizmente, com o passar do tempo, essas ideias vão ficando esquecidas pelos novos interesses, até serem totalmente abandonadas.

Quantas pessoas a gente conhece que começam a fazer um curso e o abandonam antes de chegar ao final.

E pior, essas mesmas pessoas, quase sempre, começam um novo curso que também não vão terminar.

Quando você valoriza mais o Mindset do Pensamento” do que oMindset da Realização você acabará com um caderno ou aplicativo cheio de anotações com centenas de ideias e planos que provavelmente nunca serão realizados.

Possivelmente você não vai pensar em várias delas novamente.

Talvez 8% desses planos tenham sido realizados, e alguns outros, eventualmente, não chegaram nem a 50% do planejamento.

Muitas pessoas ficam entusiasmadas com muitas ideias.

Mas, infelizmente, elas facilmente começam a empurrá-los ainda mais para trás em suas listas de tarefas, se não desconsiderando-as completamente como sendo inviáveis ​​ou não-realistas.

Se você tende a se concentrar mais em seu sistema de pensamento, ficará preso em uma vida de inatividade.

O que você quer é progresso, na vida e na carreira. E isso só pode se manifestar por meio da ação.

Os resultados só aparecem para aqueles que “agem”, enquanto os outros estão tentando descobrir a “maneira certa” de gerar resultados.

Quantas pessoas a gente conhece que começam uma atividade e a abandonam antes de chegar ao final.

É o que você faz que define você

Faça o que você deve.

Não fale sobre o que precisa ser feito.

Seja um realizador.

Ser um realizador em  vez de apenas um pensador requer uma quantidade insana de disciplina e comprometimento.

Fazer envolve risco, mas é a única maneira de progredir.

Thomas Sterner disse uma vez: “O progresso é o resultado natural de permanecer focado no processo de fazer qualquer coisa”.

Se você não for ousado e focado o suficiente, nunca poderá ultrapassar o estágio de “pensamento” de fazer o trabalho.

Pare de pensar que você está em desvantagem por causa de suas fraquezas.

Se você realmente precisa fazer algo, encontrará um bom motivo para persegui-lo, caso contrário, suas desculpas o convencerão constantemente de que isso não pode ser feito.

Mudança de vida: Você é o que você faz

Você quer saber quem você é? Não pergunte. Aja! A ação irá traçar e definir você. –  Thomas Jefferson

Faça o que tem que ser feito. Não fale sobre o que você deveria estar fazendo.

Para ser um realizador, em vez de apenas um pensador, vai exigir uma quantidade exagerada de disciplina e empenho.

Fazer envolve riscos, mas é a única maneira que conheço de fazer progresso.

Se você não é ousado e focado o suficiente, você nunca vai passar do estágio “pensamento” de fazer o trabalho.

Pare de pensar que você está em desvantagem por causa de suas fraquezas.

Se você realmente deseja algo, você vai encontrar boas razões para conseguir alcançar seus propósitos.

Não dê atenção as suas desculpas, senão, elas vão constantemente convencê-lo que suas ideias não podem ser feitas.

Pensar e colocar seu negócio em ação

 

O poder do hábito da ação!

Pequenos feitos executados são melhores do que grandes feitos planejados. – Peter Marshall

Não faça planos demais e nem aja de menos!

Pensar e planejar com antecedência é importante para o seu sucesso, mas agir é ainda mais importante para a realização no longo prazo.

As ações que você toma afugentam as intenções que mudam a vida.

Não fazer nada é o mesmo que pretender fazer algo, mas nunca realmente executá-lo.

Será que realmente importa se você tem a intenção de fazer algo, se você simplesmente optou por não fazê-lo?

Toda vez que você pensar em realizar algo que você não sabe fazer bem, tenha sempre em mente que você só vai saber se é capaz de realizá-lo se você criar uma ação para executá-lo.

Você só vai conseguir obter progresso real se você treinar a sua mente a agir, praticar, realizar e produzir.

Nem todas as leituras de autoajuda do mundo podem salvá-lo se você nunca agir.

Toda vez que você lê um livro ou artigo como este, aplique imediatamente algo dele que faça sentido para você.

Pensar em fazer é o trabalho mais cansativo do mundo!

Na verdade, apegar-se a muitas coisas para fazer sem necessariamente concluí-las ou implementá-las deixa você ansioso e estressado.

O lembrete constante de que você tem algo para começar não ajuda no seu bem-estar. Comece e mantenha o ímpeto.

O progresso incremental é melhor do que uma lista de ideias perfeitas.

A maioria das coisas em sua lista de tarefas não será realizada.

Retire-os da lista ou mantenha o hábito saudável de fazer algo a respeito deles todos os dias.

Estar sobrecarregado com muitas coisas a fazer e nenhum senso de prioridade (sem prazos) geralmente significa que nada será feito.

O que você faz importa!

A inércia gera dúvida e medo. A ação gera confiança e coragem. Se você quiser afastar o medo, não fique em casa pensando nisso. Saia, trabalhe e fique ocupado. – Dale Carnegie

 

O que posso fazer agora mesmo para dar o menor passo para alcançar o meu objetivo mais importante na minha lista de tarefas?

Enquanto você pensa sobre esta pergunta, mantenha a expectativa de que a resposta será algo simples que pode ser feito nos próximos 30 minutos ou menos.

Aceite a resposta mais razoável que surgir em sua mente, e aja sobre ela imediatamente.

Execute essa tarefa simples o mais rápido possível. Assim você experimentará o efeito de ter entrado em ação.

Esse efeito faz com que você mantenha-se facilmente produtivo.

Talvez você precise de um pouco de prática para usar esta estratégia para agir consistentemente. Mas os benefícios são enormes.

Depois de se comprometer a começar, o impulso leva você.

Produzir resultados cria um impulso positivo. Esse ímpeto levará você à frente e trará progressos muito mais rápidos.

Espero que a partir de agora, você não só esteja  fazendo mais fácil suas tarefas do que apenas pensando em fazê-las.

Perceba que quando você executa suas ideias e seus planos, você adquire a capacidade e a confiança de investigar algo fora de sua lista de coisas a fazer, dando-lhe um sentido de progresso, envolvimento, satisfação e realização.