Jeff Bezos dono do site Amazon

Será que o site Amazon vai dominar o mundo um dia?

(Última Atualização: 28 de novembro de 2017)

Site Amazon na Black Friday transforma Jeff Bezos no maior bilionário do mundo

Em 27 de julho de 2017 a principal notícia do noticiário econômico, era que Jeff Bezos, fundador do site Amazon, tornara-se o homem mais rico do mundo, superando Bill Gates, criador da Microsoft, em US$ 500 milhões de dólares.

Nos dias seguintes com as variações de suas ações, Bezos foi novamente ultrapassado por Gates. Mas logo ele voltaria ao posto de bilionário número um.

A bilionária Black Friday de Jeff!

No dia 24 de novembro de 2017 o comércio, principalmente nos Estados Unidos realiza a Black Friday, ela acontece sempre na última sexta-feira do mês. É considerado o dia do início das compras de presentes para o Natal.

Neste dia as ações da Amazon subiram mais de 20%, como o mercado esperava, sua fortuna passou os US$ 100 bilhões de dólares. Jeff Bezos estava mais uma vez em primeiro lugar.

Antes de Bezos, só Bill Gates em 1999, conseguiu atingir a marca dos 100 bilhões de dólares. Hoje, a fortuna de Gates gira em torno de US$ 90 bilhões.

Close de Jeff Bezos site amazon

A história de Jeff Bezzos

Jeffrey Preston Bezos gosta de pensar que a maioria de seus 250 milhões de clientes tem um grande amor por ele e por sua empresa, a Amazon, retratada no livro “The Everything Store: Jeff Bezos and the Age of Amazon” lançado no Brasil com o título: “A Loja de tudo…”.

A gigante Amazon está transformando a maneira de vender livros, filmes, games, softwares, materiais de jardinagem, móveis e mais uma quantidade infinita de produtos, desafiando o varejo tradicional off-line e o on-line em todo o mundo.

A Amazon procura vender produtos mais baratos que a concorrência, conseguindo através de duras negociações com os fabricantes e produtores, preços altamente competitivos e bem favoráveis à empresa.

Embora tenha começado do zero, sem nenhum cliente, hoje eles já somam quase um quarto de bilhão, conquistados em apenas duas décadas.

Bezos afirma que escreveu seu “Business Plan”, plano de negócios, durante uma viagem de Nova York a Seattle há 21 anos, um voo de 6 horas e 10 minutos de duração.

Assim como o visionário Steve Jobs, o determinado e motivado Jeff Bezos também transforma e cria mercados.

Bezos ou Tim como era conhecido na escola, está sempre em busca da perfeição, o foco da sua empresa são os clientes, isso para ele é inegociável, seus produtos digitais são entregues em segundos e os físicos em um par de dias.

 A experiência do usuário

A grande variedade de produtos significa inúmeras opções que cabem no interesse do cliente.

Outro fator importante é o histórico de compras dos clientes no site da amazon, quanto mais informações o buscador possui sobre esse usuário, mais chances têm de oferecer a ele produtos que possam interessá-lo.

Com certeza você já viu essa frase no site Amazon incentivando o cliente a adquirir mais algum produto:

“clientes que compraram este produto também se interessaram por…”

Outro ponto forte, que faz do site Amazon quase imbatível em relação aos seus concorrentes, é o conteúdo gerado pelos próprios usuários, como a classificação de produtos, resenhas, perguntas e respostas.

Site Amazon: produto para o mesmo dia

Entretanto ele promete num futuro próximo entregar o produto ainda no mesmo dia da realização da compra, em princípio nas localidades mais próximas aos depósitos da Amazon.

No dia 7 de dezembro de 2016 o site Amazon anunciou sua primeira entrega de produtos feita por drones.

Esse momento foi registrado pelo próprio Jeff Bezos, em sua conta no twitter.

Os primeiros produtos que foram entregues pelo ar foi um aparelho Amazon Fire TV, e um saquinho de pipoca, pedido realizado por Richard B., morador de Cambridgeshire, na Inglaterra.

Um novo serviço chamado Amazon Key

Uma fechadura digital que permite aos correios deixar uma encomenda dentro da sua casa.

Doze anos atrás, a Amazon lançou o Prime, um serviço de assinatura com  a promessa de entregar o produto em até dois dias dentro dos Estados Unidos.

Mas nem sempre o entregador encontra o cliente em casa para receber a encomenda.

Em outubro de 2017, a Amazon lançou esse novo serviço que permiti que o entregador abra sua porta da frente e coloque sua compra com segurança dentro da sua casa.

Esse serviço depende do novo Cloud Cam da Amazon. Uma câmera conectada à internet através do seu Wi-Fi.

Quando o entregador chega com a encomenda para deixar na sua casa, eles digitalizam o código de barras, que envia os dados para a Amazon.

Se estiver tudo certo, o robot da Web Amazon libera uma autorização e a câmera começa a gravar. O correio então recebe um aviso em seu aplicativo e a porta abre.

Após deixar a encomenda na casa, o cliente receberá uma notificação no aplicativo, que a entrega foi realizada com sucesso e junto um pequeno vídeo mostrando que a entrega foi feita corretamente.

Leia agora
Os 7 primeiros passos para motivação pessoal

O site Amazon cresce e supera o Google em pesquisa de produtos

Uma pesquisa realizada pela PowerReviews no segundo semestre de 2016 mostrou o site Amazon US na frente do Google em número de buscas por produtos no varejo on-line.

A diferença para o Google Shopping é pequena, mas a guerra pelos consumidores promete.

O estudo revela que 40% dos americanos iniciam suas pesquisas pelos produtos diretamente do buscador do site Amazon.

Entre os motivos estão: as ofertas, a diversidade de produtos, o frete grátis, os bons negócios, a pesquisa inteligente e a perfeita integração com os smartphones.

O comércio eletrônico cresce a taxas de 20% ou 30% ao ano. Os americanos já compram até sabonete e pasta de dente pela internet

Amazon Prime Air

A demanda crescente pela Amazon justifica uma frota própria de aviões cargueiros

No final do ano 2016, a Amazon informou que fará um grande investimento em 40 aviões cargueiros, para que suas mercadorias cheguem mais rapidamente a seus clientes.

Em janeiro de 2017, a empresa anunciou investimentos de US$ 1,49 bilhão em um centro de distribuição perto de Cincinatti, de onde vai partir a maioria dos voos nos EUA.

Avião cargueiro; Imagem site Amazon

Como o foco da Amazon é a satisfação dos seus clientes, ela precisa de muita criatividade para conseguir manter seu posicionamento a frente da concorrência e com isso levar aos seus clientes a melhor experiência possível em uma compra.

Temos que reconhecer a coragem e a ousadia do empresário Jeff Bezos, que resolveu colocar a Amazon.com para disputar espaço com a Wal-Mart, uma mega rede de lojas de varejo e com a Apple, fabricante de produtos eletrônicos que são o sonho de consumo da maioria das pessoas que vive nas grandes cidades.

Bezos criou o Kindle Fire, uma espécie de “Ipad” da Amazon e lançou também um smartphone batizado de Amazon Fire Phone, é bom lembrar que o mercado de celulares inteligentes atualmente é dominado pela empresa Coreana Samsung.

Como grande idealista, Jeff Bezos não parou por aí, lançou alguns anos atrás a Amazon Web Service, serviço de computação nas nuvens e provedor de serviços de dados onde atua outro gigante, a IBM.

Jeff Bezos leva ao extremo sua consideração pelos seus clientes, que criou um endereço de e-mail público só para eles, jeff@amazon.com.

Dizem que ele lê várias das reclamações de seus clientes, e depois encaminha para alguns de seus funcionários de confiança, com um desenho de um ponto de interrogação, símbolo que avisa para seus comandados darem total atenção à mensagem.

Geralmente eles contam com algumas horas para resolver o problema, essa foi a maneira escolhida por Jeff Bezos para ter certeza que seus clientes serão ouvidos na Amazon.

Segundo Jeff, a Amazon está alicerçada em três pilares, que torna a empresa realmente diferente: um forte foco no consumidor, pensamento no longo prazo e a criação de novas oportunidades, é muito difícil encontrar empresas com esse mesmo espírito animal.

“Espírito animal – um impulso espontâneo para a ação, ao invés da inação.” John Maynard Keynes 

AWS – Serviços para Web

A divisão Amazon Web Services, com seus serviços de clouds tem uma taxa média de crescimento de 30% ao ano e já representa mais de 12% da receita total da empresa.

Atualmente a Amazon Web Services é o departamento com maior crescimento na companhia, a demanda mundial por serviços de computação em nuvem é crescente.

No total, a receita da AWS chegou a US$ 4,58 bilhões no terceiro trimestre de 2017.

A disparada do site Amazon para dominar o comércio mundial

Em maio de 2017 essa gigante do varejo on-line teve suas ações cotadas perto dos 1 000 dólares por ação, na época a fortuna de Bezos, era de 85 bilhões de dólares.

Nessa época, alguns analistas de Wall Street, previram e acertaram que a fortuna de jeff não ia parar por aí.

A Amazon acaba de inaugurar uma livraria física em Nova York.

Com valor de mercado maior que US$ 500 bilhões, a Amazon vale mais que o dobro da Wal-Mart, seu principal concorrente, que atualmente vale US$ 236,9 bilhões.

Nesse mesmo dia do mês de maio de 2017 a Netflix alcançou o valor de mercado de US$ 70 milhões de dólares. Mas Jeff Bezos promete que a vida da rival não vai ser nada fácil.

Em dezembro de 2016, Jeff expandiu para mais de 200 países a Amazon Prime Video, inclusive para o Brasil.

Assim como a Netflix, o serviço de streaming Prime Vídeo da Amazon oferece séries e filmes originais como The Grand Tour e Mozart in The Jungle e produções de outras produtoras, como Mr. Robot e Seinfield.

Jeff Preston Bezos tem uma personalidade diferente, extremamente focada, acreditou com muita força, na revolução que a internet traria, sonhou muito com tudo que está construindo, conquistando vários dos seus objetivos e metas, com coragem e muita determinação, motivando sempre seus pensamentos.

Foguete da Blue Origen. Imagens site Amazon

Suas ambições são grandes como seus sonhos, carrega dentro de si o desejo de aumentar os limites de conhecimento científico, financia sua própria fabrica de foguetes, a Blue Origin e em 2013 comprou o jornal The Washington Post com a ideia de recriar os meios de comunicação.

“Ainda há muito a ser inventado.
Muita coisa nova ainda vai acontecer.
Ninguém ainda faz idéia do impacto que a internet produzirá
e de que em muitos aspectos estamos apenas no primeiro dia”.
Jeff Bezos

A Amazon tem de tudo, mas tudo mesmo!

Nem tudo são flores para a empresa de Bezos. No início de novembro, um jovem sírio, suspeito de preparar um atentado terrorista, confirmou a publicação Der Spiegel, que adquiriu os produtos químicos para fazer os explosivos no site da Amazon.

A Amazon em colaboração com os órgãos de investigação já realizou alterações em sua plataforma para que alguns produtos sejam apresentados de forma mais adequada.

Principalmente na parte em que o algoritmo gera através do interesse do consumidor por algum produto específico que ele visitou, a famosa seção… “clientes que compraram este produto também se interessaram por…”, que nesse caso sugeria novos produtos relacionados que eram interessantes para aquele terrorista.

Mais um passo para dominar o varejo mundial

Junho de 2017 a Amazon adquiri a Whole Foods Market, uma imensa rede especializada em produtos orgânicos, abrindo as portas do setor para a companhia de Bezos.

Wall Street enxerga como forte a posição da Amazon no setor de supermercados depois dessa aquisição. A venda anual desse setor chega a US$ 700 bilhões só no mercado americano.

Com mais de 400 lojas nos Estados Unidos, Canadá e Inglaterra, a Whole Foods Market, vende só produtos genuinamente orgânicos.

As lojas continuaram coma a mesma marca e Jeff Bezos promete manter a mesma rede de fornecedores.

“Milhões de pessoas adoram a Whole Foods Market porque ela oferta excelentes alimentos naturais e orgânicos, e torna prazerosa a refeição saudável”, afirmou Jeff Bezos.

site-amazon-whole-foods-market

Jeff Bezos‏ @JeffBezos

Como no mundo não é possível nos protegermos totalmente de mentes criminosas, felizmente esses casos de terror são raros, Jeff Bezos tem como uma de suas prioridades ajudar os veteranos de guerra das forças armadas americanas.

Em um dos seus tweets, ele escreveu a seguinte mensagem:

Obrigado pelos 17 mil e 500 veteranos de guerra e suas esposas que trabalham agora no Amazon. Definimos uma meta no ano passado para empregarmos mais 25 000 destes líderes até 2021 e estamos em vias de poder contratar ainda mais. #VeteransDay

militar-veterano-site-amazon

Em Outubro de 2017 a Amazon anunciou o início das vendas de eletrônicos no Brasil

A empresa norte-americana que operava somente na venda de livros no Brasil, um mercado mais ou menos pequeno, onde sua participação é de 10%.

Neste primeiro momento, o site Amazon vai se concentrar somente nas vendas de eletrônicos, celulares e produtos de informática, mas começa a disputar com pesos pesados do e-commerce nacional por uma parte da fatia de 50% do faturamento total do comércio on-line no país.

“Se você só faz coisas que sabe a resposta com antecedência, sua empresa vai embora.” – Jeff Bezos

 

 

Será que o site Amazon vai dominar o mundo um dia?
4.8 (95.71%) 14 votes

Mauricio Alex, radialista, acredita que só através da motivação pessoal conseguimos superar as armadilhas de nossas mentes. É preciso transformar as nossas crenças e nossos pensamentos em aliados para alcançarmos progresso profissional, espiritual e financeiro.