Elon Musk vive um drama

O Drama de Elon Musk, o bilionário que sonha um dia levar turistas à Lua

Elon Musk: “Este foi o ano mais difícil e doloroso da minha carreira”

A Space X, uma das empresas do bilionário Elon Musk, vendeu passagens para dois turistas fazerem uma viagem à lua ano que vem.

No decorrer do tempo, é possível encontrar algumas figuras únicas que parecem ter nascido para o empreendedorismo.

Afinal de contas, a verdade é que é preciso um talento natural e um olhar aguçado para conseguir identificar oportunidades de negócios antes mesmo que elas se tornem uma tendência.

E é exatamente assim que de tempos em tempos alguns empresários conseguem construir para si uma verdadeira fortuna.

E é exatamente este o caso de Elon Musk, que hoje é dono de uma fortuna estimada em US$ 15,16 bilhões.

Fortuna esta que é o resultado dos lucros de uma série de empresas as quais ele criou, sendo as mais importantes o PayPal, a Tesla Motors e também a Space X, cada uma dentro de um setor completamente diferente um do outro.

Tudo corria bem para o empresário. Porém em 7 de agosto de 2018 um fato inesperado aconteceu:

O drama do bilionário Elon Musk

Um tweet de 51letras disparado por Elon Musk, pode levá-lo a enfrentar a justiça.

Musk colocou sua empresa Tesla numa grande saia justa, com esse tweet duvidoso, que teve como consequência imediata a alta das ações de sua empresa e ainda por tabela, acrescentou mais 1 bilhão de dólares a sua fortuna.

Num momento em que a Tesla Motors enfrenta grandes prejuízos, uma investigação da SEC, que é o órgão regulador da bolsa americana, cai como uma bomba dentro da empresa.

O tweet de Musk dizia que ele pretendia retirar a empresa da bolsa de valores americana ao preço de 420 dólares por ação.

Seria necessário 70 bilhões de dólares para financiar o fechamento do capital da empresa.

Muitos investidores e advogados ficaram na dúvida se era uma piada ou se Musk estaria infringindo regras do mercado.

Musk, contudo, procurou logo assegurar que existe financiamento para a operação de compra das ações.

Com a confirmação de Elon Musk na segunda-feira, 13 de agosto, de que o financiamento estava assegurado, começou por parte dos analistas uma série de especulações.

Como governo da Arábia Saudita adquiriu 5% das ações da Tesla, talvez seriam eles, os interessados em financiar a operação, aumentando sua participação na empresa.

Musk, então, publicou uma nota para explicar o tweet e informar que havia um fundo árabe interessado em financiar a saída da empresa da Bolsa de Nova York.

Na sexta-feira, dia 10 de agosto, da mesma semana, investidores reclamaram de Musk. Para eles tudo não passou de uma fraude do empresário.

Já que a avaliação feita pelo dono da Tesla parecia apenas provocar uma agitação no mercado financeiro favorável à sua empresa.

Nesta mesma sexta-feira, em mais um comunicado, Elon Musk desiste de sua ideia e informa ao mercado o cancelamento do plano de retirar a Tesla da bolsa de valores.

E que a partir daquele momento, ele focaria toda sua atenção em aumentar a produção do Modelo Tesla 3 e gerar lucros.

o drama e a preocupação do bilionário Elon Musk

Após o comunicado, imediatamente as ações da empresa voltaram a cair.

A Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC), instaurou um inquérito para investigar se de fato Musk pretendia fechar o capital da empresa ou se divulgou a notícia em primeira mão pelas redes sociais, ao em vez de usar as fontes oficiais – o que caracterizaria, a princípio, violação da legislação americana.

A SEC permite que as empresas usem as redes sociais desde que avisem os acionistas com antecedência de seus planos.

Como a legislação foi criada antes das redes sociais como as conhecemos hoje em dia, muita água ainda vai rolar até o final da investigação.

Apesar do anúncio da possível saída da Tesla da bolsa através do Twitter tenha sido nebulosa, as preocupações legais de Musk não devem ser suficientes a ponto de lhe tirar o sono.

Ainda assim, Musk poderá sofrer processos por parte dos acionistas ou de alguma outra parte interessada no desenrolar desses acontecimentos.

O que pode tirar o sono de Elon Musk são os problemas que a Tesla Motors enfrenta.

Como os atrasos no planejamento de fabricação.

Musk prometeu aos investidores e clientes que até o final do ano de 2017, sua empresa teria fabricado 200 000 mil automóveis Tesla modelo 3, uma espécie de carro popular.

Não conseguiu produzir nem 10% disso.

Só em junho de 2018 que a Tesla conseguiu fabricar 5 000 veículos planejados por semana.

Elon Musk, nesta época, segundo ele próprio, passou a dormir na fábrica, para acabar com o “Inferno Improdutivo”, como ele apelidou a situação de produtividade que sua companhia estava passando.

Com prejuízos constantes em todos os trimestres, especialistas comentam que a Tesla vai precisar injetar mais de 2 bilhões de dólares até 2020 em sua operação.

Porém ainda precisa acontecer muita coisa positiva para Elon Musk e sua empresa poderem sair desse inferno astral e retornarem aos trilhos.

Sexo, drogas e rapper

Mas não vai ser fácil, os sites de fofocas de celebridades e a imprensa em geral, encontraram no instagram e no Twitter da rapper Azealia conversas que teve com Grimes, cantora e namorada de Elon Musk.

Essas conversas contêm sexo, drogas e a devolução de um celular.

Tudo acontecendo num momento de grande instabilidade para Musk, que enfrenta uma investigação por parte da SEC.

Para aumentar o drama, o número 420 se tornou símbolo da maconha. Saiba o que significa 420 clicando aqui.

E logo um grande número de pessoas pensaram que Musk tinha fumado maconha antes de escrever o fatídico tweet.

E é exatamente pensando em tudo isso que nós reunimos aqui uma série de informações sobre Musk.

Tudo para que você conheça um pouco mais sobre a sua história e fique inspirado por sua carreira de sucesso e pela sua trajetória enquanto um empreendedor bem-sucedido.

Conheça um pouco mais sobre Elon Musk

Elon Musk vai levar turistas numa viagem a lua

Elon Musk é uma destas figuras que não são vistas com muita frequência no decorrer da história.

O empresário e filantropo dono de três nacionalidades, sendo sul-africano, canadense e norte-americano. Hoje é considerado um dos homens mais ricos do mundo.

A veia empreendedora começou cedo em Musk, sendo que aos 11 anos ele criou um jogo que vendeu para uma companhia sul africana por cerca de 500 dólares.

Formado em Economia e em Física pela Universidade da Pensilvânia, mudou-se para a Califórnia depois de formado e criou a Zip2, empresa que posteriormente seria comprada por um preço milionário pela Compaq.

Aos 28 anos Musk já era um milionário.

Como se não bastasse, posteriormente ainda criou o PayPal, que mais tarde seria vendido ao eBay por valores bilionários, e também a Space X e a Tesla Motors.

A primeira promete levar dois turistas a órbita da lua já em 2018 em um voo comercial e a segunda é conhecida pelos automóveis esportivos elétricos que são símbolo da utilização de energia limpa.

Um verdadeiro incansável, Musk não para de apresentar ideias revolucionárias para o mercado.

Elon Musk cultiva como seu maior sonho, um projeto bastante ambicioso, ele pretende realizar um programa para colonizar o planeta Marte.

Porém esse sul-africano de forte personalidade enxerga em todos os seus concorrentes uma forte ameaça aos seus negócios.

Isso ficou bem claro ao exigir através de uma mensagem que seus funcionários sejam duros e não subestimem os adversários da companhia.

Ou seja, a competição cada vez maior no mercado de carros elétricos e suas novas tecnologias, demanda que todos os trabalhadores se esforcem, como ele próprio, e elevem o nível de eficiência da empresa.

A Tesla Motors precisa manter o espírito de uma startup e tem que ser exigente consigo mesma se pretende continuar lutando contra as grandes corporações.

“Todos os veículos Tesla produzidos, incluindo o Modelo 3, possuem o hardware necessário para uma auto condução com um nível de segurança maior que o de um motorista humano. Nesse vídeo você vai conhecer o motorista passageiro.”

“O único meio para uma pequena empresa se estabelecer contra as gigantes é trabalhar rápido, melhor e com inteligência, não podemos dar moleza”.  Diz Elon Musk

Apesar da companhia Tesla Motors vender menos carros que a General Motors, seu valor de mercado já ultrapassou em 2017 o valor da GM, a maior montadora americana.

A Tesla conquistou rapidamente seu lugar no coração das pessoas que querem veículos que poluem menos a atmosfera.

As vendas dos carros ecologicamente corretos crescem exponencialmente, não dando tempo para ninguém que trabalhe na companhia pensar em relaxar.

Seus principais concorrentes estão entrando só agora na briga dos carros elétricos e tentam evitar que a Tesla Motors amanhã tome conta desse mercado, ou através de seus carros ou através de suas patentes tecnológicas criadas por seus pesquisadores.

Carro CobaltO Chevrolet Bolt já é uma resposta da GM para fazer pressão na Tesla. Esse automóvel faz mais de 300 KM com uma carga.

A companhia de Elon tem trabalhado intensamente para conseguir fabricar seu carro o Model 3, com autonomia de 340 KM e muita tecnologia.

Com 500 mil reservas, esse será o primeiro carro elétrico fabricado em série com preço acessível.

Com o lançamento marcado para setembro de 2017, a fabricação do Model 3, exigiu um grande esforço da empresa, seu proprietário teve que arcar com um grande aumento de funcionários que passou de 4 mil para quase 30 mil de uma hora para outra.

Era necessário manter o cronograma a qualquer custo. O Model 3 é o principal trunfo para enfrentar os concorrentes de frente.

“O lançamento do protótipo do automóvel Model 3 pela Tesla Motors em 2016 feito por Elon Musk lembra muito o estilo dos lançamentos feitos por Stevie Jobs.”

No começo de 2017, Elon Musk, desistiu de participar do conselho consultivo de negócios criado pelo presidente Donald Trump. O motivo foi a decisão do presidente de abandonar o acordo climático de Paris.

Musk, proprietário da Tesla, uma empresa voltada para a energia limpa e sustentável, disse que a participação dele no grupo de 18 empresários criado por Trump para desenvolver negócios, a partir daquele momento não tinha mais sentido.

Foi um ato de ousadia desse homem, a Space X, sua empresa espacial, tem uma série de contratos com o governo americano, inclusive um acordo de mais de 1 bilhão de dólares para levar suprimentos para Estação Espacial.

Sua empresa espacial lança vários satélites por ano, inclusive para as forças armadas e agências de inteligência.

Ano que vem, ele promete levar dois turistas para fazerem uma viagem à lua, um negócio que Elon Musk sonha em realizar em 2018.

“Dragon é uma nave espacial projetada pela Space X para transportar cargas ou pessoas para objetivos em órbita.”

 

Elon Musk acredita no poder verde, é única visão equilibrada para o futuro da terra.

O empresário tem como exemplo a Noruega, onde 25% dos automóveis são elétricos ou híbridos e você estará sempre distante no máximo 10 minutos de um local onde possa carregar as baterias do seu carro.

Uma mente brilhante que tem em sua essência o espírito empreendedor, a verdade é que Musk é um daqueles homens que, mais do que apenas saber criar, possuem em si o dom de conseguir ganhar dinheiro e de multiplicar essa fortuna apenas com o seu esforço e com o seu talento.

Algo que já se mostrou forte em Musk desde cedo, quando vendeu o seu primeiro jogo para uma empresa da África do Sul.

O Drama de Elon Musk, o bilionário que sonha um dia levar turistas à Lua
4.5 (90.77%) 13 votes

Mauricio Alex, radialista, acredita que só através da motivação pessoal conseguimos superar as armadilhas de nossas mentes. É preciso transformar as nossas crenças e nossos pensamentos em aliados para alcançarmos progresso profissional, espiritual e financeiro.