Amancio Ortega, proprietário da rede Zara

Dono da Zara passa Warren Buffet. É agora o segundo homem mais rico do mundo

A fortuna de Amancio Ortega, proprietário da rede Zara, a maior varejista de moda fast-fashion do mundo, alcançou a marca de US$ 71,5 bilhões (R$ 224 bilhões), superando o megainvestidor Warren Buffet e, se tornando o segundo homem mais rico do mundo, segundo a Bloomberg. Bill Gates ainda é o primeiro.(Leia reportagem da Bloomberg de 2 de junho de 2015).

Histórias de sucesso sempre incentivam e motivam pessoas ao redor do mundo, e por este motivo, é sempre bom conhecer algumas das melhores e mais interessantes de todas.

Portanto, neste artigo vamos apresentar um pouco da história de vida e da trajetória de um dos empresários mais bem sucedidos da atualidade, cuja vida serve de exemplo e de inspiração para muitas pessoas que desejam ter seus próprios negócios.

Nós vamos contar um pouco mais sobre a vida de Amancio Ortega, o empresário espanhol dono da rede Zara, entre outras, que tem uma fortuna avaliada em mais de 46,6 bilhões de dólares.

Amancio Ortega dono das lojas Zara e sua filha Marta Ortega Pérez

Amancio Ortega dono da Rede Zara e sua filha Marta Ortega Pérez.

O início

Nascido em 1936, no dia 28 de março, o espanhol Amancio Ortega Gaona, mais conhecido mundialmente apenas como Amancio Ortega viria a se tornar simplesmente um dos homens mais rico do mundo anos depois, de acordo com levantamento feito pela revista Forbes.

Filho de trabalhador ferroviário e de uma dona de casa, Amancio teve uma infância difícil, tendo de mudar de cidade de tempos em tempos por conta do trabalho de seu pai.

No entanto, apesar de não viver com luxos de crianças ricas, Amancio jamais passou as privações das crianças pobres, já que seu pai conseguiu ser designado chefe de estação, o que lhe garantiu uma remuneração melhor.

Com 14 anos, o jovem Amancio iniciou sua carreira no mercado têxtil na cidade de La Coruña, quando se tornou empregado de algumas das muitas lojas de roupas desta importante cidade da Galícia.
No ano de 1963, mostrando muito tino comercial e uma disposição para se tornar um homem rico, Amancio Ortega funda em Santiago de Compostela a Confecciones GOA S.A., que seria um negócio rentável e que cresceria rapidamente.

O sucesso de seu negócio se deveu ao fato de que ele percebeu cedo que não era interessante ser apenas um vendedor dentro do mercado têxtil, já que para se destacar, ele também deveria ser fabricante e distribuidor.

Assista as 10 chaves do sucesso de Amancio Ortega.

A primeira loja Zara

Amancio foi co-fundador Zara em 1975 com sua ex-esposa Rosalia Mera, lingerie e roupões eram produzidos em sua sala de estar. Em meados da década de 1980, as lojas Zara já estavam espalhadas por toda a Espanha e a rede estava pronta para sua expansão para o exterior. Com o crescimento surpreendente do seu império, Ortega chamou a sua própria rede varejista de surpresa.

Hoje mundialmente conhecida de todos, a rede Zara teve sua primeira loja aberta por Amancio Ortega , na cidade de La Coruña, na famosa calle Juan Flórez, com grande sucesso.

E a maior parte deste sucesso se devia ao fato de que a Zara tinha uma preocupação em atender um público bem diversificado, já que oferecia roupas para homens, mulheres e também para crianças.

Para controlar o crescimento da rede Zara e de outros de seus empreendimentos, Amancio Ortega percebe que há a necessidade de criar um grupo para facilitar a administração, com tudo de modo mais centralizado.

Com base nisto, em 1985 ele cria o grupo Inditex, que controlaria a rede Zara, que é a marca mais conhecida criada por Amancio Ortega, bem como também a Massimo Dutti, a Oysho, Pull&Bear, entre muitas outras.

Com isso, ele acabou por se tornar um dos empresários mais bem sucedidos da Espanha e um dos mais ricos do mundo todo, com uma fortuna realmente altíssima e com empreendimentos altamente abrangentes e rentáveis.

Dono da Zara passa Warren Buffet. É agora o segundo homem mais rico do mundo
5 (100%) 1 vote

Mauricio Alex, radialista, acredita que só através da motivação pessoal conseguimos superar as armadilhas de nossas mentes. É preciso transformar as nossas crenças e nossos pensamentos em aliados para alcançarmos progresso profissional, espiritual e financeiro.