diabetes-estresse-no-trabalho-aumenta-risco-em-mulheres

Diabetes: Estresse no trabalho aumenta o risco em mulheres

Diabetes é uma doença que atinge grande parte da população brasileira, mas embora ela seja sempre muito discutida e falada na televisão, jornais, revistas e até mesmo durante uma conversa informal, muitas pessoas ainda tem dúvidas dos sintomas desta doença, uma alimentação adequada que os diabéticos precisam ter e muito mais.

“Um estudo realizado no Canadá com mais de 7 500 participantes durante 9 anos, identificou uma relação entre o um alto grau de estresse no trabalho e a ocorrência de diabetes tipo 2 em mulheres. Os resultados desse trabalho realizado pelo Instituto sobre trabalho e saúde, em conjunto com o instituto de Ciência Clínica Avaliativa foram divulgados pelo periódico Occupational Medicine.”

Por isso, fique atento nos tópicos abaixo, pois você saberá de tudo isso e muito mais. Confira:

Você é diabético?

Para saber se você é diabético, você precisa procurar um médico especializado no assunto, relatar que você gostaria de saber que possui a doença, contar sobre o seu histórico familiar, pois pacientes que possuem um histórico de parentes diabéticos, possuem uma proporção muito maior de adquirir a doença. Além, de também relatar qual é a sua alimentação. Assim, o médico irá lhe pedir um exame de sangue para poder detectar a doença.

Como se fica diabético

A diabete pode ser adquirida por motivos como: hereditariedade e uma alimentação irregular. Esses dois motivos são os principais e pioneiros da diabete. Pessoas que possuem históricos de parentes diabéticos na família devem redobrar a atenção, já que a doença é hereditária e o estresse da vida moderna favorece o aparecimento da doença ,por isso, procure sempre fazer a prevenção e faça exames regulares.

Já uma alimentação inadequada, regada a açúcar e muita gordura é realmente um prato cheio para adquirir a doença. Isso porque, a diabete é o excesso de açúcar e gordura no sangue, por isso, se atente a má alimentação e faça uma reeducação alimentar.

Quais os sintomas

Principais sintomas do diabetes tipo 1:

  • Vontade de urinar diversas vezes
  • Fome frequente
  • Sede constante
  • Perda de peso
  • Fraqueza
  • Fadiga
  • Nervosismo
  • Mudanças de humor
  • Náusea e vômito.

Principais sintomas do diabetes tipo 2:

  • Infecções frequentes
  • Alteração visual (visão embaçada)
  • Dificuldade na cicatrização de feridas
  • Formigamento nos pés e furúnculos.

Alimentação

A alimentação de uma pessoa portadora de diabetes deve ser extremamente rígida e controlada, pois o nível de açúcar no sangue deve ter um consumo baixo. Por isso, verduras, saladas e proteínas, além do consumo de água é fundamental para controlar a doença.

Prática de exercícios

Praticar exercícios físicos para portadores de diabetes é fundamental para prevenir ou controlar a doença. Mas, quem já possui a doença deve primeiro conversar com o médico para saber qual é a atividade física mais adequada e por quanto tempo você pode praticar os exercícios, além da quantidade de vezes por semana.

A importância do acompanhamento médico

O acompanhamento médico é fundamental não somente para os portadores da diabetes, mas também para realizar um acompanhamento da prevenção da doença. Por isso, faça um check up anualmente e se você é diabético, cuide diariamente de todos os requisitos, além de acompanhar a doença de perto com um especialista.

Saiba mais sobre essa doença silenciosa e perigosa acessando o site Minha Vida.

Diabetes: Estresse no trabalho aumenta o risco em mulheres
Avalie esse artigo

Mauricio Alex, radialista, acredita que só através da motivação pessoal conseguimos superar as armadilhas de nossas mentes. É preciso transformar as nossas crenças e nossos pensamentos em aliados para alcançarmos progresso profissional, espiritual e financeiro.