Como motivar as pessoas a comprar

Como motivar as pessoas a comprar seus produtos!

Compartilhe:

Se você tem um negócio, você precisa saber como motivar as pessoas a comprar o  seu produto para você ganhar dinheiro.

Estamos cansados de ouvir que as pessoas compram por causa da emoção, bem, então … isso seria uma forte resposta emocional a uma afirmação lógica, não?

Mas nós escutamos você.

Repetidamente, você diz que as pessoas compram de acordo com a emoção, e isso parece não fazer sentido quando se trata de vender seus produtos e serviços.

Talvez seja porque você está pensando sobre a emoção no contexto dos sentimentos, em vez da motivação.

E isso definitivamente seria confuso, porque não são os sentimentos que você procura na sua persona/lead que vai determinar e incentivar a compra.

Na verdade, provocar sentimentos pode matar a venda em vez de incentivá-la.

Como motivar as pessoas a comprar online

Nada mais do que sentimentos … 

Os sentimentos são formas de emoção extensas, confusas e frequentemente mal compreendidas, e isso torna brincar com eles potencialmente perigoso.

O que estamos tentando fazer é motivar as pessoas a realizar algo muito específico (comprar) …  e não levá-las a chorar, ficar furiosas ou pular de alegria.

Pode ser por isso que tantas pessoas duvidam que tomemos decisões de compra por meio da emoção.

Nem sempre detectamos um sentimento forte quando pegamos nossas carteiras, então devemos estar agindo de um ponto de vista puramente lógico, certo?

Não é provável.

Você simplesmente justifica seu desejo existente de comprar com a lógica.

Você já decidiu o que quer.

Ainda é possível se convencer do contrário, mas a motivação para comprar foi criada enquanto seu cérebro lógico fazia outros planos.

Na verdade, sempre que estamos motivados para fazer qualquer coisa, a emoção está no controle.

Geralmente é apenas uma resposta emocional ao que pensamos ser um sentimento, então passamos acreditar que nossas motivações são racionais.

Mas é a emoção que nos move para a ação.

Na verdade, a palavra emoção na linguagem latina, significa “mover”, porque as emoções motivam o que fazemos.

Os psicólogos dirão que as motivações são bastante simples e diretas, enquanto os sentimentos podem ser bastante complicados (até mentimos para nós mesmos sobre eles).

Quando se trata de conseguir que alguém compre, você definitivamente está recorrendo a emoção – e quando você entende a resposta emocional em termos de motivação em vez de sentimentos, você terá uma ideia melhor de como criar sua copy.

Mais do que um sentimento: “Como motivar as pessoas a comprar”.

Então, novamente … o objetivo não é fazer alguém necessariamente sentir.

Seu objetivo é fazer com que alguém queira e aja de acordo com esse desejo.

Se isso parece uma diferença sutil (já que o desejo muitas vezes pode ser uma emoção  tangível), bem, pelo menos agora você aceita que a emoção está no comando.

Em termos de motivação, os psicólogos sabem que as emoções resultam em uma das três categorias básicas de motivação responsiva:

Aproximação

Quando a motivação para a abordagem entra em ação, você quer experimentar e descobrir mais de algo.

A motivação da abordagem envolve desejo positivo, e o valor percebido daquilo que você quer sempre aumenta.

A motivação da abordagem facilita a venda de produtos desejáveis ​​de alta qualidade, seja um iPhone ou aquela cozinha em granito preto.

Mas também pode ser usada para vender resultados ambiciosos , incluindo produtos de eficácia duvidosa do tipo “fique rico rapidamente” e “fique magro agora”.

Evitar

Você deseja evitar a motivação quando seu cliente em potencial deseja se afastar de algo de baixo valor.

Evite que a motivação considere algo desmerecedor de atenção.

Afasta-se desse inconveniente ou aborrecimento que deve ser ignorado ou eliminado.

As pessoas, sempre desejam pagar o mínimo possível pelas suas contas de luz e não se importam pela qualidade do serviço ou as  características da eletricidade que vêm através dos fios.

A não ser que você esteja usando fontes alternativas de energia, nesse caso, muitos procurarão fazer negócios com você para evitar impactos ambientais adversos.

A maioria das instituições de caridade trabalham evitando as emoções para diminuir o impacto da pobreza, doenças e desastres naturais.

Ataque

Com a motivação de ataque, as pessoas querem desvalorizar, insultar, criticar ou destruir algo.

Quando alguém está emocionalmente motivado para eliminar algo (em vez de simplesmente evitá-lo), a motivação para o ataque é o caminho a seguir.

Pense em campanhas publicitárias para inseticida e repelente de insetos ( ex.: Raid mata insetos).

Da mesma forma, a motivação de ataque, é utilizada em grande escala em campanhas destinadas a erradicar vários problemas complicados, travando guerra contra eles – a guerra contra o crime, drogas, desemprego, pobreza, doenças etc.

Qual é a minha motivação?

Usando as três categorias básicas de motivação emocional, você deve ser capaz de criar o tipo certo de história para a sua copy fazer as pessoas agirem.

O problema surge quando você não tem certeza de quais motivações estão realmente em jogo.

Por exemplo, é raro que um ataque contra seu concorrente funcione com base na motivação do ataque.

Porém a publicidade comparativa , como o desafio da Pepsi contra a Coca, do Mac e PC,  Iphone e o Galaxy da Samsung, podem funcionar se você recorrer com habilidade a motivação de abordagem devido a sua diferenciação e aos benefícios visíveis.

Por outro lado, os anúncios políticos com abordagens negativas funcionam com os eleitores indecisos, não desencadeando motivação de ataque, mas, ao invés disso, estimulando a indecisão … o eleitor indeciso não deseja fazer a escolha errada.

Pensar em termos de motivação torna a venda com emoção um pouco menos misteriosa.

Gastar o tempo pesquisando para saber realmente quem são seus clientes em potencial, torna a motivação muito clara e eficiente.


Compartilhe: