Aposentados na rede na beira do mar

Aposentados: Não contem apenas com o benefício do INSS [DICAS]

Aposentados o futuro é cheio de armadilhas, poupe já!

A expectativa de vida dos aposentados aumentou, assim como os gastos!

Estamos todos percebendo que o custo de vida está ficando cada vez mais caro.

Tenho muitos amigos entre 50 e 60 anos e que estão sendo dispensados dos seus empregos.

Alguns se preveniram e pouparam para esse momento da vida, outros gastaram tudo, se descuidando do próprio futuro.

homem-na-beira-do-lago-pensando-aposentado

A verdade dos benefícios do INSS

O teto das aposentadorias pagas pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) aos trabalhadores da iniciativa privada é de 5.645,80 reais por mês.

Porém, a maioria dos aposentados, por diversas artimanhas da legislação previdenciária, não conseguem alcançar uma aposentadoria decente.

Até para quem contribuiu para previdência pelo máximo durante a vida profissional, pode não conseguir o teto do INSS.

Parece que tudo é feito para que o cidadão consiga apenas o mínimo de rendimento para o seu sustento.

No Brasil, 85% dos aposentados contribuíram com a previdência social sobre um salário mínimo.

Os aposentados, em sua maioria, recebem um benefício de R$ 954,00.

As aposentadorias, por força da lei, não podem ser menores do que o valor descrito acima.

Porque a aposentadoria requer planejamento

Vejo amigos, alguns já no segundo casamento e com filhos pequenos, perdendo seus empregos.

Imediatamente começam a procurar uma nova ocupação que permita o sustento da família.

Porém, depois de algumas tentativas, percebem que a idade já não favorece para voltar ao mercado de trabalho.

A primeira coisa que constatam é que as contas não param de chegar.

Infelizmente existem pessoas que já estão algum tempo desempregadas e relutam em cortar os gastos.

Se você não fez uma boa poupança que permita se sustentar pelo menos durante um ano, suas reservas financeiras podem se esgotar.

A indenização da empresa em que você trabalhava, o FGTS ou a poupança feita para pequenos imprevistos, podem não ser suficientes.

Hoje em dia, o custo de um plano de saúde para uma família é extremamente caro. Porém, muito necessário!

E o sistema de saúde público é precário. Essa é a real situação que vivemos no país.

vida-financeira-de-um-trabalhador-mostrada-por-cofres-de-porquinhos-até-aposentadoria

Aposentados evite cometer estes erros perigosos

Cuidado com negócio próprio.

Ser seu próprio patrão, não é para qualquer um, você tem que saber sobre as dificuldades que vai enfrentar.

Negócio próprio segundo alguns entendidos, é mais arriscado que investir em ações na bolsa.

Conheço pessoas que colocaram a poupança de uma vida em empreendimentos que fracassaram e bem poucos que obtiveram sucesso.

No momento da demissão, ficamos mais vulneráveis e o medo do desconhecido nos paralisa.

Na procura de um trabalho ou na busca de um algum investimento para investir as economias, todo cuidado é pouco.

Nessas horas é muito comum encontrar “amigos” que tem algum negócio ou ideia que vai bombar.

Ele oferece sociedade no negócio e para isso conta com sua ajuda financeira.

Um negócio ou uma ideia não precisa ser descartada

É muito difícil determinar o que pode dar certo ou não.

O negócio ou a ideia antes de ser colocada em prática tem que ser validado.

Com ajuda da internet e das redes sociais esse trabalho de validação ficou mais fácil.

Uma boa pesquisa no Google ou nos grupos do Facebook pode ser um bom ponto de partida.

Uma pesquisa bem realizada vai trazer um quantidade absurda de informações para o seu negócio.

Agora, uma guinada profissional radical, pode até dar certo, mas para você que sempre foi empregado, o risco é maior.

cadeira-na-varanda-num-lugar-aposentados

E agora, o que eu faço!

Nesse momento, fuja de qualquer investimento de risco, como ações, criptomoedas e etc. Esses investimentos exigem muito conhecimento para dominá-los.

Vai precisar entender de estratégias operacionais e aprender a controlar suas emoções, principalmente quando os preços desses ativos estiverem caindo.

Mercado de risco, são bem voláteis e poucos são vencedores, por isso alguns se destacam e ficam famosos, como o megainvestidor Warren Buffett.

Quando trabalhei no mercado financeiro, conheci vários traders famosos que perdiam dinheiro sistematicamente na bolsa de valores.

E outros totalmente desconhecidos que ganhavam discretamente verdadeiras fortunas.

O risco é o lucro, procure sempre orientação profissional

O Leandro Ruschel e o Marcio Noronha, cada um do seu jeito, sempre viveram muito bem do mercado financeiro.

O Leandro é um grande ser humano, Inclusive participei do projeto do seu livro “Eu a bolsa e minha avó”, em que a sua estratégia de investimentos em ações é explicada didaticamente.

Também conheci um jovem advogado muito talentoso para as finanças, que sempre expressou o desejo de se aposentar aos 40 anos e viver da renda dos seus investimentos.

Com determinação e focado no seu projeto, posso afirmar, sem medo de errar, que ele vai conseguir o seu objetivo.

Anderson Lueders, conhecido no mercado como “Small Caps”, que é como são chamadas as ações das pequenas empresas, escreveu o livro “Investindo em Small Caps”.

Segundo ele, as maiores oportunidades de investimento para ganhos extraordinários estão em ações com pouca visibilidade.

Conhece, como poucos, o mercado dos fundos imobiliários.

Fuja das sugestões dos gerentes de banco, se você procurar, vai encontrar melhores investimentos.

Divida suas aplicações financeiras em curto, médio e longo prazo. Sempre a rentabilidade vai ser maior no longo prazo.

pais-aposentados-batem-na-porta-do-filho-para-morar

4 Dicas para aposentados pensar e colocar em ação

Se você não construiu uma poupança durante os anos em que esteve empregado, você vai ter que continuar trabalhando para gerar rendimentos. Mas como?

1 – É hora de buscar forças, motivação e se reinventar, talvez trabalhar em uma outra área.

2 – É preciso manter as amizades e seus contatos.

Já conheci muitas pessoas que foram ajudadas por amigos nessa fase, você não deve perdê-los de vista, mesmo que eles te percam por circunstâncias da vida.

Tenho um amigo que penou muito, perdeu o emprego, a família e os filhos, se meteu num negócio e acabou também sem dinheiro.

Porém, um amigo, que ajudou no passado, quando ainda era jovem, tornou-se um grande empresário e lhe estendeu a mão.

Oferecendo trabalho deu a chance dele recomeçar sua vida.

3 – Gustavo Cerbasi no seu novo livro “Adeus Aposentadoria” apresenta uma ideia interessante, mas que requer muita coragem, mas ela só vale para quem tem imóvel próprio de valor significativo.

“Se você não fez uma poupança até agora, você precisa criar uma”.

Ele sugere a venda da casa e do carro e morar em um imóvel alugado e financiar um carro simples.

Com o restante do dinheiro e mais a reserva poupada da indenização, FGTS e aplicações, ele sugere que você invista metade de maneira conservadora e com liquidez e a outra metade usar para empreender.

A razão para esse investimento risco é porque o dinheiro numa aplicação normal vai crescer muito devagar pra essa etapa da vida.

4 – Tenho um amigo que foi demitido e que resolveu seguir alguns passos que eu mesmo sugeri.

Ele juntou o dinheiro das indenizações com o da venda de dois imóveis e comprou uma casa dentro de um espaçoso terreno.

Nesse terreno ele construiu um pequeno prédio com vários imóveis para alugar.

Hoje em dia, os aluguéis é a sua principal fonte de renda e a sua aposentadoria do INSS complementa sua renda total.

Conclusão

Você que não poupou e gastou tudo, vai precisar de muita coragem, determinação e do apoio da sua família, além de cabeça fria e muita disposição, para conquistar novos objetivos.

Não existe milagre, sua saída está no trabalho. Acredite em você.

Aposentados: Não contem apenas com o benefício do INSS [DICAS]
4.6 (92.31%) 13 votes

Mauricio Alex, radialista, acredita que só através da motivação pessoal conseguimos superar as armadilhas de nossas mentes. É preciso transformar as nossas crenças e nossos pensamentos em aliados para alcançarmos progresso profissional, espiritual e financeiro.