Foto de Isela Constantini, a brasileira é a nova presidente da Aerolíneas Argentinas

Aerolíneas Argentinas: Isela, uma brasileira, é a nova CEO

Isela Costantini

A brasileira é a nova presidente da Aerolíneas Argentinas. Nasceu na cidade de São Paulo em 1971, e é filha de argentinos.

Isela Costantini é formada em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Comandou a General Motors da Argentina desde 2012 e é considerada uma das executivas mais competentes e respeitadas daquele país.

Em 2015, a brasileira recebeu o maior prêmio ofertado a um executivo argentino, através de uma pesquisa realizada com mais de 200 políticos, empresários, consultores e pessoas ligadas ao meio coorporativo. Além da General Motors, Isela Costantini também preside um importante órgão argentino, a Associação de Fabricantes de Automotores (Adefa).

Trajetória

Isela Costantini Russel é casada e mãe de dois filhos e passou a maior parte de sua juventude na Argentina. Após formar-se no Brasil, na PUC-PR, Isela cursou um MBA em Marketing e Negócios Internacionais na Universidade de Chicago, nos Estados Unidos. Após retornar dos estudos no exterior, Isela Constatini iniciou sua carreira na General Motors do Brasil em 1998, atuando principalmente nas áreas de Marketing e Vendas, onde ocupou cargos em setores de gerência de marca, vendas e marketing estratégico.

No ano de 2002, a brasileira foi transferida para o Texas, nos Estados Unidos e retornou ao Brasil pouco tempo depois para assumir o cargo de Gerente de Programas da GM brasileira. Já em 2004, Isela Costantini foi nomeada para gerir a área de pesquisa de mercado na América Latina, África e Oriente Médio. Pouco tempo depois ela foi promovida a Gerente de Pesquisa de Mercado e Planejamento de Produto.

No ano de 2010, Isela assumiu a Diretoria de Pós-Venda e Atendimento ao cliente da GM na América do Sul, cargo que ocupou até 2012, quando foi promovida a presidente e CEO da General Motors da Argentina, Paraguai e Uruguai, tendo sido a primeira mulher a ocupar tal posição. A GM, ao escolher Isela Costantini para sua presidência, foi a primeira empresa do setor automotivo argentino a ter uma mulher no seu cargo máximo. A revista Fortune elegeu Isela Costantini uma das 50 mulheres mais poderosas do mundo negócios, dando a ela a 37º posição.

Presidência da Aerolíneas Argentinas

O convite partiu do presidente eleito Maurício Macri, que prometeu em sua campanha manter os ministérios e empresas estatais argentinos sob gerência de pessoas com experiência no setor privado e alta competência técnica. Após conversar com sua família, Isela aceitou o convite para presidir uma das maiores empresas aéreas, a Aerolíneas Argentinas, que conta com um déficit diário de cerca de 1 milhão de dólares.

aviao-aerolineas-argentinasAlém do problema financeiro enfrentado pela companhia, que possui apenas dois aviões de sua propriedade e todo o resto de sua frota alugada, a brasileira também terá de lidar com seis sindicatos: Aeronáuticos (APA), técnicos (ATPA), Aeronavegantes (AAA), pessoal superior e profissional (UPSA), pilotos da Aerolíneas Argentinas (APTA) e ainda com o sindicato dos pilotos da Austral, uma companhia aérea subsidiária da Aerolíneas Argentinas. Além destes, há ainda o sindicato dos controladores de voos, que não negocia diretamente com a companhia, mas frequentemente causa problemas ao setor aéreo argentino ao bloquear voos. Contudo, Isela Costantini é conhecida pela sua grande habilidade de negociação e espera-se que os sindicatos não sejam um problema para ela.

A Aerolíneas Argentinas foi estatizada há sete anos pelo kirchnerismo e era presidida por um militante do Lá Campora, um grupo juvenil de apoio ao clã dos Kirchner.

Aerolíneas Argentinas: Isela, uma brasileira, é a nova CEO
Avalie esse artigo

Mauricio Alex, radialista, acredita que só através da motivação pessoal conseguimos superar as armadilhas de nossas mentes. È preciso transformar as nossas crenças e nossos pensamentos em aliados para alcançarmos progresso profissional, espiritual e financeiro.

Leia agora
Larry Ellison: um bilionário de bem com a vida