Foto de uma piloto chefe de avião

10 coisas que você nunca deve dizer ao seu chefe (a menos que você seja piloto)

10 piores erros de comunicação para a sua carreira.

Especialmente o que você pensa sobre o que é preciso para ser visto como um chefe.

Uma presença executiva requer seriedade, habilidades de comunicação e uma aparência educada e agradável.

Evitar dizer palavrões, piadas racistas ou comentários politicamente incorretos, me parece bastante óbvio que essas atitudes são as mais inteligentes e corretas.

Quero mostrar aqui para vocês uma lista de mancadas que podem limitar e prejudicar a sua liderança.

1 – O Ego

“Não posso deixar que faça do jeito dele.”

]Você acha que pode fazer um plano de negócios melhor que seu chefe?

Você acha que a seu planejamento é o mais importante para as atividades da firma?

Você faz questão de mostrar que é melhor que o seu superior?

Tome cuidado! Você poderá deixar o seu chefe na defensiva a partir desse momento.

Um executivo ocupado pela carreira vai ignorar a questão de quem ganhou ou perdeu pontos em uma sugestão de negócios, irritá-lo com seu ego só vai fazer ele se aproximar de outro funcionário num primeiro momento.

Fique Atento.

Chefe agredido por funcionária com um tapa na cara

2 – O Temperamento

“Aqui está mais um ignorante”

É incrível como muitos executivos e patrões aparentemente inteligentes esquecem com facilidade da prudência e do bom senso.

Qualquer coisa dita no calor da emoção expressa muito mais sobre o nível de maturidade de quem está gritando do que sobre o alvo de sua fúria.

Uma discussão entusiasmada pode ser extremamente produtiva.

Mas se o diálogo não acontece dentro de um espírito de produtividade, acho melhor você ficar de fora até os ânimos acalmarem.

3 – A falta de valores fundamentais de integridade…

…e a tentativa de atribuir certa nobreza aos atos mesquinhos…

“Eu não posso falar uma mentira.  Minha integridade exige que eu diga a minha verdade ao mundo.”

Sério?

É melhor ter cuidado com o que fala do seu patrão.

Saborear as falhas de outros, espalhar fofocas, compartilhar informações confidenciais ou colocar armadilhas para complicar a vida profissional de um chefe “inimigo” é uma grande mancada.

Chefe raivoso dando soco no ar

4 – Ameaçar o chefe

“Eu recusei uma oferta $X de trabalho na semana passada. Cheguei até em pensar em aceitar, mas depois desisti e resolvi ficar aqui mesmo”…

Procurar uma colocação dentro do seu mercado de trabalho quando você está empregado pode ser até interessante.

É uma maneira de você saber e pesquisar o que está acontecendo na sua área profissional.

Mas levar esse tipo de conversa para seu chefe ou para diretoria é brincar com fogo.

Nunca use algo desse tipo durante uma negociação, a menos que você esteja pronto para pedir demissão da empresa.

Seu chefe ou patrão poderá vê-lo como um indivíduo que está prestes a largar o emprego.

E poderá decidir a apostar em alguém de sua confiança, promovendo-o na primeira oportunidade que surgir para o seu lugar.

Chefe controlando funcionários como marionetes

5 – Agarrar território

“Eu estava aqui primeiro e acho que você deveria promover o pessoal que já estava aqui.”

“Eu não vejo o que ele fez para merecer essa promoção.”

Promover um funcionário de dentro da empresa deve ser sempre considerado.

“Eu estava aqui primeiro” é a pior justificativa possível para obter um aumento.

Você acha que está produzindo receita ou criando novos negócios para justificar uma promoção ou aumento?

O que você propõe para a empresa que vai permitir o seu crescimento?

Lige-se. Pode ter certeza que seu patrão está ciente.

Talvez numa conversa com o chefe você possa saber o que eles valorizam num indivíduo, isso seria bem mais proveitoso e informativo.

Pelo menos você vai ficar sabendo por que seu chefe escolheu um trabalhador de fora para ser funcionário da empresa.

Evite essa posição de confronto, pode soar para o seu patrão como uma atitude agressiva.

Não importa se você estava “lá primeiro”, nesse momento você não deve implorar pela oportunidade, principalmente desvalorizando as pessoas para o chefe com as “suas verdades”.

6 – O obstáculo

“Suas reuniões são desorganizadas.”

Qual a vantagem que você vai conseguir criando empecilhos e dificultando a vida do seu chefe desorganizado.

Como se diz no negócio de consultoria, você deve se esforçar para ser a aspirina e não a fonte da dor de cabeça.

Quando tratar das “atrapalhadas” do seu chefe, não aumente o foco sobre ele.

Chefe no meio de uma lista de tarefas coladas em post it

7 – A acusação

“Nossos clientes não têm contratos anuais.” (Meu chefe é o rei dos maus negócios.)

E qual o seu ponto?

Você acha que seu chefe não estava ciente desse fato?

Apontar fatos concretos, especialmente de forma acusadora não é útil para empresa e menos ainda para seu desejo de avançar na carreira.

Qual é a sua proposta para melhorar o procedimento atual?

Isso seria de verdade uma mudança valiosa para você compartilhar.

8 – A Mudança de Responsabilidade

– Não estou feliz aqui.

Já ouviu falar de “karma?”.

Regra # 1: Você é responsável por sua própria felicidade, e você é igualmente responsável por qualquer falta dela. Não é o trabalho do seu chefe que vai fazer você feliz.

Deixe seu chefe saber que você precisa e quer ser feliz seria um plano muito mais sábio.

Chefe meditando no trabalho para ficar zen

9 – Disparar um canhão

“Eu sou um Diretor (Vice-Presidente, Sócio, Gerente, etc.) Eu não preciso de permissão de ninguém para agir.”

Talvez não, mas pense bem, sua decisão de agir poderá criar  consequências para o negócio ou para alguém?

Disparar uma bala de canhão pode virar um grande problema, vale a pena considerar um tempo extra para reflexão, não importa o seu nível de autoridade no trabalho ou sobre alguém.

10 – A Criança

“Sim, eu sei que não tenho feito meu trabalho muito bem. Mas eu estive aqui por um ano inteiro e ninguém me ofereceu um aumento. Então, onde está o meu incentivo? “

A imaturidade emocional de qualquer tipo é uma bandeira vermelha imediata.

Conclusão

Se você se vê em qualquer uma dessas frases, talvez algum desenvolvimento de carreira seja necessário (se você tiver a sorte de ainda estar empregado).

Se você é um chefe, você provavelmente também tem culpa na maneira de como está gerenciando o trabalho no dia a dia.

De qualquer maneira, os exemplos compartilhado aqui, as vezes são exagerados por mim, mas são todos baseados em experiências reais.

De quem é a culpa: do empregado, do chefe, ou do dono?

Sabem por quê?

Vaidade? A vaidade é responsável pela perda de empregos de muitos trabalhadores.

Já trabalhei diretamente para alguns empresários que preferem ver a sua empresa patinar a construir um grande negócio.

Acreditem!

Quais são as piores declarações que você já ouviu e que terminaram com algumas carreiras promissoras.

TOP 7 PEDIDOS DE DEMISSÃO MAIS ÉPICOS DA HISTÓRIA” l Canal Almanaque x – 2.372.541 Views

Sinta-se à vontade para compartilhar suas experiências do mundo profissional na seção de comentários aqui abaixo.